Descubra a importância dos dados no planejamento de marketing

planejamento de marketing

Sem bússola, não se navega em mar aberto. Ou ainda, se você está como a Alice no País das Maravilhas e não sabe para onde quer ir, qualquer caminho serve, certo? 

Não é à toa que qualquer planejamento que pretenda ser chamado assim PRECISA de dados. Eles são o alicerce do planejamento de marketing, pois apontam os caminhos possíveis nesse mar aberto das possibilidades que temos nos dias de hoje. Não fossem os dados, como seria possível obter insights importantes sobre o mercado, o público-alvo e o desempenho das campanhas? Para ir em direção ao norte, é preciso saber onde está localizado o norte! 

Personalização de campanhas e mensagens

Se o seu norte é vender, saiba que os consumidores buscam atualmente marcas cada vez mais fortes e recomendações mais relevantes. 

Um levantamento da Accenture revelou que 91% dos consumidores são mais propensos a comprar se estes dois fatores estão em jogo. Assim como 71% esperam interações personalizadas, segundo a McKinsey

Quando mencionamos marca forte, não confunda com logo famoso ou reconhecido, mas, sim, que ofereça valores bem desenhados ou recompensas de satisfação pessoais pelo consumo, e, neste caso, cabem desde a padaria do seu bairro até a marca de luxo. 

Se você não encontrar um modo de personalizar sua campanha para que ela atinja os potenciais consumidores com a mensagem certa, arriscará vender apenas para os 9% dos consumidores avulsos e interagir com apenas 29% dos clientes, ou seja, aqueles que estão na outra ponta da pesquisa. 

Segmentação de mercado mais precisa

Dividir para conquistar já era a estratégia de Júlio César, que fez prosperar o Império Romano. Quer construir um império no seu segmento? Então saiba que o mesmo estudo da McKinsey apontou que empresas que segmentam e personalizam suas interações podem reduzir o custo de aquisição em até 50%, além de potencializar o índice de fidelização. Então busque a segmentação, seja por características, poder aquisitivo, região, sazonalidade, etc., divida para conquistar ou, em outras palavras, utilize os dados para conquistar novos mercados.  

Identificação de tendências e padrões de comportamento do consumidor

Segundo a Deloitte, 61% das empresas de elevado crescimento mudaram de estratégia coletando e compilando dados próprios. Quanto você tem se debruçado para conhecer seu processo de vendas? Quais informações abastecem seu time de marketing para elaborar uma ação ou campanha? Bem, se você não mapeia sua abordagem, dificilmente saberá o que seu cliente quer e qual experiência tem proporcionado para ele. 

Tudo está conectado à tendência e não é só do seu mercado, mas o uso de dados e tecnologias dita o ritmo. O que você está esperando para começar já a identificar o padrão de comportamento do seu cliente? Enquanto você desenvolve o feijão com arroz, saiba que 35% dos principais CMOs do mundo já implementaram tecnologia blockchain na estratégia publicitária, segundo a mesma pesquisa.

Otimização do Retorno sobre o Investimento (ROI) em marketing

Personalizar é encontrar sinergias entre produto e necessidade. Marketing clássico na veia. Contudo, a dinâmica de compras adotada pelo consumidor foi bastante alterada em função do contexto pandêmico, tornando a personalização ainda mais urgente. 

Três quartos dos clientes trocaram de loja, produto ou método de compra durante o período. Logo, o bom mapeamento e uso dos dados personalizados poderá gerar um incremento de ROI entre 5% e 15% segundo mapeamento da McKinsey, e o ambiente digital pode ser sua ponte para esse retorno aumentado.

Aprimoramento da eficiência das estratégias de marketing

Já dissemos: se você não sabe a direção, qualquer caminho serve. Associe então que as métricas incorretas vão levá-lo ao caminho errado. O contrário também é verdade. Eficiência é saber metrificar e agir de acordo para corrigir a rota, se necessário. 

A pesquisa global CMO da IBM revela que 79% dos CMOs esperam um nível alto ou muito alto de complexidade de marketing nos próximos cinco anos; e que apenas 48% sentem-se preparados para tal complexidade. Eficiência vem do latim efficere, que significa fazer. Portanto, para aumentar sua eficiência na estratégia de marketing, FAÇA o constante aprimoramento das suas métricas. 

Melhoria na tomada de decisões estratégicas

Já imaginou no contexto atual o grande desafio que é tomar decisões estratégicas? Os líderes mais sagazes e conscientes fazem suas escolhas utilizando intensivamente os dados dos clientes, e, ao conduzirem seus negócios desse modo, aumentam a probabilidade em 23 vezes de superarem seus concorrentes. É o que diz um outro relatório da McKinsey

Desenvolvimento de produtos e serviços mais alinhados com as necessidades do cliente

Desenvolver o seu produto ou serviço sem considerar a experiência do cliente está completamente fora da rota. Segundo a PwC, 73% dos clientes apontam a experiência como um fator importante nas suas decisões de compra, atrás do preço e da qualidade do produto. 

Perceba que não estamos na chave da necessidade do consumo,esperamos que você tenha feito a lição de casa e criado uma solução que vai ao encontro da dor do seu cliente. O que estamos sublinhando é: qual será o seu diferencial? O que fará ele escolher você ao invés do seu concorrente? A pesquisa indica um caminho e a resposta está na busca e no aprimoramento constante que visa a uma experiência memorável. 

Mensuração do desempenho das campanhas em tempo real

Engajar talvez esteja presente em 101% das discussões nas reuniões de planejamento e, possivelmente, isso tem uma causa não muito aparente: a conversão. Setenta e seis por cento dos brasileiros se consideram fiéis a alguma marca das quais compram e 71% recomendam os produtos a amigos e familiares se estão satisfeitos. 

Ao menos é o que apresenta a pesquisa feita pela OpinionBox. Manter uma via de mão dupla com o cliente e atualizar a estratégia em tempo real para aumentar o desempenho vai certamente melhorar o engajamento e, com isso, gerar mais vendas. 

Redução de desperdícios de recursos financeiros e humanos

Setenta e cinco por cento dos líderes de marketing preocupados com alguma instabilidade econômica optam por fazer investimentos que resultem em mudanças significativas. Dentre estes, para 38% as ações incluem a aceleração da transição para novas tecnologias digitais; 36% querem expandir para novos mercados e implementar sistemas que permitam uma maior personalização de ações para os clientes. A redução nesse caso se dá pelo investimento certeiro em ações estratégicas.

Aumento da competitividade no mercado

Desenvolver a Advanced Analytics e automatizar o trabalho, são dois dos desafios a serem enfrentados pelos líderes nos próximos – e bem próximos – anos; para 62% e 45% dos CEOs entrevistados pela Mckinsey, não há como escapar desse processo que visa, sobretudo, a aumentar a competitividade dos negócios.

Conheça o Jeito Godiva de planejar!

O Jeito Godiva de Planejar combina análise de dados avançada com criatividade e expertise em marketing para criar estratégias personalizadas e eficazes. Nossa abordagem centrada em dados permite que as empresas alcancem resultados excepcionais, maximizando o ROI e impulsionando o crescimento. Descubra como podemos ajudar sua empresa a atingir seus objetivos de marketing hoje mesmo!

Últimas Notícias